Já a algum tempo foi anunciado que o Governo tinha aceito mudanças em nossa ortografia, para falar a verdade esse Acordo foi assinado desde Dezembro de 1990. Desde 1º de Janeiro essas mudanças já estão valendo.

Dei uma rápida olhada nas mudanças, são coisas simples que na maioria das vezes não usamos como é o caso do trema e do hífen. A Editora Melhoramentos liberou um pequeno guia com as novas regras, podes baixar aqui.

Quando foi anunciado que teríamos novas regras esperava que tivessemos mudanças na grafia de X com som de Z entre várias outras esquisitices de nossa língua… mas as mudanças foram poucas e não incluíram o que eu esperava.

Já há uma nova versão do Corretor Ortográfico para o OpenOffice chamado Vero e também para o Firefox.

Para instalar o complemento no OOo é muito fácil, faça o download do Vero aqui, abra o “Gerenciador de Extenção” no menu “Ferramentas” do OOo clique em “Adicionar” ->  selecione o arquivo, aceite o termo, e pronto já tens o Vero instalado.

Houve muito falatório sobre os programas de código fechado ainda não terem se pronuniciarem sobre o assunto, fãnatismo alheio à parte, tais empresas/softwares provavelmente lançarão um corretor ortográfico, é só aguardar, mas se não deseja esperar fique a vontade e faça o download do OpenOffice para sua plataforma.

O prazo para se adaptar a essas novas regras é de 4 anos, mas estudantes e pessoas ligadas à editoração são incentivadas a adotar essas novas regras desde já, e claro profissionais dedicados também.

Enfim… quem esquecia de por acentos agora pode dormir tranquilo! hehe :]

Anúncios

A Mandriva anunciou o plano para o calendário de lançamentos do 2009 Spring.

Diz a lenda que é nas versões Spring que são resolvidos a maioria dos problemas e imcompatibilidades. Resumindo é nessas versões que a Mandriva capricha! Abaixo o calendário:

  • 17 de Dezembro: Mandriva 2009.1 Alpha.
  • 16 de Janeiro de 2009: Mandriva 2009.1 Beta 1.
  • 9 de Fevereiro de 2009: Mandriva 2009.1 Beta 2.
  • 3 de Março de 2009: Mandriva 2009.1 RC1.
  • 24 de Março de 2009: Mandriva 2009.1 RC2.
  • 7 de Abril de 2009: Mandriva 2009.1 final, lançamento interno.
  • 16 de Abril de 2009: Mandriva 2009.1 final, lançamento público.

Até o momento, como Alpha, a Mandriva não se pronunciou sobre mudanças internas, essas virão principalmente nos programas de terceiros como novo um novo Kernel e X.org.

Incluirá suporte às novas versões dos Ambientes Gráficos como o KDE 4.2, Gnome 2.25.2 e XFCE 4.6. Com o lançamento do KDE 4.2 em Janeiro a Mandriva terá 2 meses de folga para trabalhar ‘bem’ nele.

Espera-se uma versão bastante polida e com uma Errata menor. Será uma excelente oportunidade para a Mandriva se lançar no mercado já que a mesma planeja novas versões para servidores. Como anunciado pelo novo CEO, Hervé Yahi, é esperada também uma maior interação da Mandriva empresa com a comunidade, o que já não era sem tempo.

Como ainda está em fase de desenvolvimento não recomendo o uso, ainda mais por estar em Alpha o que significa que muito pouco da versão atual foi alterada e por poder conter mais bugs que o atual release.

A espectativa que cerca esse Spring é bastante elevada, a Mandriva terá muito trabalho por esses 3 meses que seguem!


Boas notícias!

28dez08

Bem… alguém lembra que eu fiz a “Prova de Seleção do Cefet”?

Pois bem meus queridos eu passei! Consegui ficar com a 3º melhor nota, com 50% da prova e 80% da redação. Isso quer dizer que ano que vem lá estarei eu estudando TI! 😀

Outra boa notícia é que baixei umas 3 distros de ontem pra hoje, uma com XFCE, outra com OpenBox e outra com Gnome. Então esses dias teremos bastante do que falar!

É só isso pessoal.

Ah tem mais… o Blog completou na quinta 2.000 visitas. Só tenho que agradecer e muito a vocês que lêem aqui o Blog diariamente, comentando ou não. Muito obrigado! =]

Agora acho que acabou… hehehe


Bem, lá estava eu fuçando nos arquivos da equipe KDE quando me deparo na seção wallpapers com dois novos wallpapers, que muito provavelmente estarão no 4.2. São dois wallpapers abstratos, muito bonitos por sinal. O primeiro deles usei no meu deskMod anterior, e o segundo, acho, não lembro bem, descobrir ontem. Mas vamos deixar de lorota e postar logo os ditos wall’s, depois “nós conversa mais”.

O primeiro,  como já disse usei em meu deskMod que recebeu o mesmo nome do wallpaper, ou seja AIR.

Esse é mais recente, também muito bom, chama-se Plasmalicious.

Vai tá achando o quê? A equipe do KDE está fazendo um trabalho soberbo tanto no ambiente em sí, como também nos wallpapers. Esse segundo é incrível!

Tá certo então…

Ah, se desejarem postar em seus blogs, coloque a fonte e de onde são os wallpapers (KDE).


O Fedora 10 já saiu a algum tempo, não tinha me pronunciado sobre ele ainda, em grande parte por não ter baixado o Live Cd. Pois bem, baixei a Iso esse final de semana e botei o Cd pra rodar. Uma tela de boot bem feinha apareceu, somente uma barra e o nome Fedora 10 é exibido (o Plymouth, falarei dele depois, vem desativado por padrão), mas o que chama a atenção no boot é a sua soberba velocidade.

Cronometrei o tempo de boot do Fedora 10 por Live CD e do Mandriva 2009 instalado no HD.

O resultado? Só pra vocês sentirem o drama o Fedora mesmo por Live conseguiu fazer o boot em cerca de 1 minuto e 3 segundos, o Mandriva que possui um boot velocíssimo atingiu 49 segundos (tempo medido somente do boot do sistema, não foi incluído o carrengamento do KDE).

Fiquei simplesmente besta depois de completar o teste! Procurei mais sobre o assunto e é mesmo verdade, em algumas máquinas o Fedora 10 carrega totalmente, com Gnome e tudo, em apenas 33 segundos. Muitos também dizem que o sistema em sí ficou bem mais rápido, o que só aumentou meu interesse em instalar(coisa que venho ensaiando pra fazer). Parece que a comunidade do Fedora conseguiu mesmo fazer mais um excelente trabalho.

Estou gostando dessa “briga” das distros pra ver quem consegue ter o menor tempo de boot! =]


A comunidade KDE já começou a contagem regressiva para a chegada do KDE 4.2, daqui a 35 dias uma nova versão já estará desfilando por aí, e lógico d3kFoX, como KDE fã, não vai ficar de fora 😀

A versão final sairá em 27 de Janeiro, é estimada a correção de mais de 10.000 bugs desde a versão 4.1 do KDE, um incrível avanço no projeto.

Muitas novas funcionalidades foram implementadas e muitas ainda serão, atualmente o 4.2 está em fase beta, mas já se pode encontrar bastante conteúdo sobre essa versão, incluindo vídeos no YouTube, dentre eles vídeos que mostram os efeitos que rodam nativamente no KDE sem a nescessidade do Compiz, um efeito que me chamou bastante a atenção é o Snow, ele faz nevar na Área de Trabalho muito legal, para ver o Snow clique aqui, esse outro vídeo aqui contém boa parte dos efeitos nativos do KWin.

Muito legal né, eles já conseguiram até incluir o Efeito do Cubo nativamente sem a nescessidade do Compiz! 😀 Muito show!

Como a Mandriva não costuma adiantar nos repositórios pacotes para novas versões de WM (o que me deixa P… da vida), antecipadamente baixei o Fedora 10 e o openSuSE 11.1, distribuições que já possuem pacotes pré-compilados para o novo KDE e que muito provavelmente também disponibilizarão os pacotes finais. Então qualquer coisa é um pulo! rsrs


A distribuição patrocinada pela Novell, o openSuSE recebeu uma premiação, por assim dizer. openSuSE e a Foresight foram eleitas as melhores distribuições de 2008 pela Ars Tecnica.

Segundo a realizadora da premiação, as duas distros tem uma importância muito grande no ambiente Linux, favorecendo o crescimento do mesmo, e que também obtiveram um crescimento excelente no ano de 2008. Cita ainda um dos pontos em que concordo absolutamente, quando se refere ao ótimo trabalho que a dsitribuição openSuSE faz no seu KDE e no Gnome, que é com certeza digna de nota.

Me parece que o openSuSE virou a nova queridinha dos holofotes da imprensa quando se trata de melhor distribuição Linux, pois também recebeu tal mérito de muitas outras organizações, é só procurar por “openSUSE distro of the year” em qualquer site de busca e verás do que estou falando. Muito já se foi discutido pela designação “Melhor Distro“, alguns combatem fervorosamente que isso não existe, mas essa expressão serve no momento para designar a distribuição que melhor se saiu no ano ou que tem mais a oferecer aos usuários.

Outro texto que não lembro onde lí, mencionavam o Mandriva 2009 como sendo um bom lançamento mas que teve uma lista Errata muito grande, também foi citado o Ubuntu por estar ficando mais lento a cada versão. Mas antes que alguém venha chingando o coitado do d3k, isso não foi/é invenção minha, é apenas o que está rolando por aí. o.O

Agora voltemos ao assunto principal, openSuSE, ontem a noite fiz o download da versão 11.1, rodei por Cd, me parece ter ficado muito boa, uma coisa que me chamou a atenção foi a quantidade de programas do KDE 3 no KDE 4.1, dentre eles posso citar: Kaffeine, K3B e vários outros. O Live-Cd é rápido como o da versão anterior, a julgar pela velocidade em que rodou pelo Cd a distro parece ter ficado mais enxuta. Não tenho certeza se instalarei-a no HD, o Mdv está me atendendo bem, mas atende tão bem que me acomodo e penso em mudar, uma total contradição eu sei, mas é o que acontece, caso o Mdv me desaponte, openSuSE nele. 😀

Comfirmando o que já lí muitas vezes antes o openSuSE é mesmo uma distribuição acima da média! =]